Blog

Out 28

O Enfermeiro no atendimento pré hospitalar

O atendimento pré-hospitalar (aph) é o atendimento no ambiente extra-hospitalar, ou seja, fora do hospital como: em vias públicas, domicílio e outros ambientes. Constitui um dos elos da cadeia de sobrevivência, mais conhecido por resgate ou primeiros socorros. O atendimento pré-hospitalar é realizado por socorrista, médico e enfermeiro, destina-se às vítimas de mal súbito (emergências neuroógicas, emergências cardiológicas e etc), vítimas de trauma (acidentes aéreos, acidentes industriais, acidentes automobilísticos), violência urbana (PAF e esfaqueado), distúrbios psiquiátricos, no qual é realizado a estabilização e remoção para unidade hospitalar especializada.

O APH móvel é dividido em duas modalidades: o suporte básico de vida (SBV) destinado à atendimento e remoções de pacientes basais, não hà manobras invasivas, e o suporte avançado de vida (SAV) é uma UTI móvel completa, onde realizamos procedimentos invasivos, contamos com todo o equipamento ventilatório e circulatório.

A atividade do Enfermeiro no atendimento pré-hospitalar, foi desenvolvida a partir de 1990 com o surgimento das unidades de suporte avançado de vida e suas principais características são manobras invasivas e atendimento a pacientes de alta complexidade. São procedimentos realizados exclusivamente por médicos e enfermeiros.

Atribuições do Enfermeiro

  • É responsável pela assistência prestada à vítimas sob risco de morte;
  • É membro ativo da equipe de aph móvel;
  • Participa em diversos ambientes, em situações de limite de tempo da vítmia, cena e em espaço restrito;
  • Realizar estabilização da vítima no local do ocorrido e manter estabilidade durante o transporte, e até chegar ao pré-atendimento fixo;
  • Define prioridades;
  • Realizar Manobras de reanimação;
  • Inicia intervenções necessárias para estabilizar a vítima;
  • Reavalia a vítima cada minuto, durante o transporte;
  • Deve atualizar-se constantemente;
  • Atua como instrutor, ministrando treinamento às equipes;
  • Tomada de decisão rápida, baseada em protocolos;
  • Revisar protocolos de atendimentos;
  • Estar preparado para atuar em situações de estresse;
  • Ter habilidade e capacidade de atuar em equipe;
  • Estar prontamente hábil para executar intervenções

Na Resolução n.375, de 22 de março de 2011, que dispõe sobre a presença do Enfermeiro no Atendimento Pré-Hospitalar e Inter-Hospitalar, em situações de risco conhecido ou desconhecido.

Art 1º A assistência de Enfermagem em qualquer tipo de unidade móvel (terrestre, aérea ou marítima) destinada ao Atendimento Pré-Hospitalar e Inter-Hospitalar, em situações de risco conhecido ou desconhecido, somente deve ser desenvolvida na presença do Enfermeiro.

§ 1º A assistência de enfermagem em qualquer serviço Pré-Hospitalar, prestado por Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, somente poderá ser realizada sob a supervisão direta do Enfermeiro.

Art 2º No Atendimento Pré-Hospitalar e Inter-Hospitalar, os profissionais de Enfermagem deverão atender o disposto na Resolução COFEN nº 358/2009.

Art 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário, em especial a Resolução Cofen nº 300/2005. (Texto alterado pela Resolução Cofen nº 379/2011).

Brasília, DF, 22 de março de 2011.
MANOEL CARLOS NERI DA SILVA – Presidente do Cofen
GELSON LUIZ DE ALBUQUERQUE – Primeiro-Secretário
Fonte: http://novo.portalcofen.gov.br/resoluo-cofen-n-3752011_6500.html

Life Line

Ambulância para eventos no Rio de Janeiro. Conheça nossa Estrutura e Serviços.
Life Line - Sua diversão com mais segurança.

Quem Somos?

lifeline-a-empresa-ambilancia

A LifeLine é uma empresa com grande conhecimento e ''know how''. Possuímos condições diferenciadas para oferecer os melhores serviços médicos com qualidade, conforto e segurança.

Continue lendo ...


Arquivos do Blog